quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Na verdade, foram poucas as pessoas que me mantiveram segura.
Foram tão poucas...as que puderam conviver com meus defeitos, com meus medos, foram sim, contaria nos dedos.
Uma pequena quantidade que na verdade, sabe o que é amor de verdade.
Que me fizeram sorrir mesmo em  momentos tristes, que me fizeram derrotar os fantasmas que me assombravam e me ajudaram a superar barreiras que me paralizavam.
E quando eu caía, e ouvia os risos, podia vê-los sempre me ajudando a levantar, e apontando qual foi o erro que me fez cair de tal forma.
Foram estes, os que me ensinaram tudo o que eu considero precioso, e me mostraram que ser quem você é a única fórmula de encontrar pessoas feitas sob medidas pra si mesmo.
Aceitar-se vai muito além de se olhar no espelho e sorrir, ou se auto-afirmar o tempo todo.
Isso eu aprendi com os que foram fiéis a mim, aos que não me abandonaram no primeiro obstáculo, nem no segundo.
E é claro que existe um lugar especial para pessoas assim!

Nenhum comentário: