segunda-feira, 30 de agosto de 2010

A Palestra!

No dia do meu aniversário, 02 de agosto, recebi um convite e ao mesmo tempo um presente, ministrar uma palestra sobre motivação, sonhos, objetivos...a alunos do ensino médio da escola estadual a qual eu estudei.
Meu nome foi mencionado no conselho de professores, e fizeram-me o convite, o qual eu poderia pensar se iria aceitar ou não, e depois  dar a resposta.
Fiquei feliz por saber que confiaram tamanha responsabilidade a mim, e decidi aceitar... e na sexta-feira passada, fui a escola para realizar a palestra.
Antes disso comprei um livro entitulado "Você não precisa ser chefe para ser lider", para me dar "um norte", pedi opiniões a alguns amigos, li a respeito, pesquisei, estudei, debati, sobre o que falar para jovens entre 14 a 16 anos por ai.
Enfim, na sexta-feira, lá estava eu diante daqueles anjos, e confesso que eu não estava bem, estava triste, angustiada, tinha tido uma semana difícil, e não estava nenhum pouco empolgada pra falar para um monte de adolescentes.
No entanto eu já havia dado a minha palavra que iria na sexta-feira, não poderia adiar mais. E na quinta-feira a noite cheguei a pensar, meu Deus como vou falar sobre motivação a vários adolescentes se estou mais desmotivada que eles, se posso estar mais triste que eles...
Não dava mais pra fugir, tinha que encarar a responsabilidade que havia assumido. Logo quando cheguei a escola pela manhã, uma criatura adorável, veio me desejar boa sorte e entregou-me uma rosa, fiquei feliz, pude ver que "não estava sozinha", embora soubesse.
Comecei a falar com os adolescentes, eles foram fazendo silêncio e a medida que eu ia falando, eles iam permanecendo quietinhos, me ouvindo...
Falei da minha experiência de vida, da importância de estudar, de batalhar pelos nossos sonhos e objetivos, de não deixarmos influenciar pelas pessoas pessimistas, de levantar quando cairmos, pois difícil não é cair e sim levantar...de como o mercado de trabalho é competitivo, de como algumas pessoas são egoístas, que muitas vezes algumas  não conseguem realizar seus sonhos e por isso, não "deixam" que realizemos o nosso...que na vida nada é fácil, mais se lutarmos por tudo aquilo que acreditamos, com certeza temos a chance de fazer diferente, de fazer a diferença e ter um mundo melhor...!!!
Depois de quase uma hora e meia falando, encerrei a palestra com um vídeo e agradeci a paciência e atenção de todos, e fui embora pra minha aula na faculdade...
Porém, percebi que não havia dado o melhor de mim, que não tinha dado o meu 100% devido a minha tristeza...
A aula terminou, fui ao médico fazer alguns exames, cheguei em casa era quase uma hora da tarde...quando entrei na cozinha haviam dois envelopes em cima da mesa, e logo pude perceber que um era pra mim, e logo reconheci a letra...era da minha amiga Rose Neide Amador Bufulin, que é professora de língua portuguesa dos alunos na escola, e também fora minha professora, e hoje somos grandes amigas ( é a criatura adorável da flor).
Era uma linda carta de agradecimento, pela palestra que havia realizado, e uma redação de cada aluno o qual eu havia realizado a palestra.
Comecei a ler, e a medida que ia lendo, as lágrimas rolavam sobre minha face...
Cada carta, redação, eles diziam o que haviam aprendido com a palestrante e o que aquilo iria mudar na vida deles...vocês não tem noção de como cada carta me tocou de forma diferente...impossível não emocionar-se diante de algo tão belo...de como podemos tocar corações e mudar vidas, de como podemos ser útil as pessoas!
E o mais interessante, é que a medida que eu ia lendo a angústia e a trsiteza iam passando, e meu coração foi melhorandoo...
E posso lhes dizer, que fui a escola no intuito de ajudar os alunos, mais só depois eu percebi, que ao invés de 'dar' eu estava era 'recebendo', porque quando fazemos na gratuidade, nosso coração se enriquece de uma forma que não há nada nesse mundo que possa pagar!!!

Nenhum comentário: